30/11/2019

Eventos no mundo inteiro que você deveria ir antes de morrer

Festas que acontecem em cidades turísticas quase todos os anos e mostram não apenas lindos fenômenos da natureza, mas diferentes manifestações culturais. Esperamos que consiga realizar o sonho de ver ao vivo as maiores festas/eventos que acontecem ao redor do mundo. Se você é do tipo que adora sonhar, confira os eventos que nosso Time Wander separou:

 

Festival dos limões em Menton, na França

O festival dos limões é uma festa que se realiza anualmente desde 1936 na cidade de Menton, na Costa Azul da França. O festival dura mais de duas semanas e costuma acontecer no começo de março. Os criadores montam esculturas enormes com diferentes cítricos. Durante o festival, é possível ver acrobatas, palhaços, pintores e músicos nas ruas. A caravana se move pela costa.

 

Dia de São Patrício, Irlanda

O dia de São Patrício é uma festa cultural e regional realizada em 17 de março. O dia simboliza a cristianização da Irlanda, é um patrimônio cultural do país e uma homenagem a São Patrício. O festival em Dublin inclui desfiles, representações teatrais, pessoas vestidas de verde, fogos de artifício e cerveja, muita cerveja.

Florescimento de sakuras no Japão

Hanami é a tradição japonesa de observar a beleza de flores da época imperial. O florescimento da sakura é curto, demora de 7 a 10 dias, até que as pétalas começam a cair. As flores começam a nascer no final de março, mas o melhor momento para observá-las é nas primeiras semanas de abril. No Brasil, há versões menores, mas bastante interessantes, como a festa das cerejeiras no Parque do Carmo, em São Paulo.

 

Florescimento no parque real de Keukenhof e o desfile de flores na Holanda

O parque real de Keukenhof fica entre Amsterdã e Haia, na pequena cidade de Lisse. Todo ano o parque é visitado por mais de um milhão de pessoas. O lugar fica aberto durante dois meses ao ano, do final de março até o meio de maio. O desfile de flores é justamente um desfile com diferentes composições florais. A versão nacional é a Expoflora, em Holambra a capital brasileira das flores e um pedacinho da Holanda no Brasil.

 

Os campos de lavanda em Provença, na França

No sul da França, na região da Provença, os campos de lavanda começam a florescer no meio do verão europeu. A beleza atrai pintores, fotógrafos e turistas do mundo todo. Os campos podem ser observados de junho a agosto, mas a melhor época é julho.

 

Aniversário do Porto de Hamburgo, Alemanha

O aniversário do Porto de Hamburgo, na Alemanha, é um dos maiores festivais marítimos do mundo, com barcos de diferentes países. Ele dura 4 dias e costuma acontecer no dia 7 de maio. O programa da festa inclui danças e outras atrações aquáticas, shows e feiras. A festa termina no domingo com o último desfile de barcos e fogos de artifício.

 

Noite dos Museus em Paris, na França

A Noite dos Museus é uma ação internacional programada para o Dia Internacional dos Museus, comemorado em 18 de maio. Nesse dia, as exposições podem ser vistas durante a noite. Muitos museus no mundo todo ficam abertos e as atrações ficam a madrugada inteira. A noite parisiense inclui lugares muito famosos, como o Louvre, o Museu de Orsay, o Centro Georges Pompidou e muitos outros. A maioria das visitas são gratuitas e o programa costuma incluir representações teatrais, espetáculos de luzes, shows e desfiles de moda.

Stonehenge: solstício de verão na Grã Bretanha

O dia do solstício é comemorado por muitos povos. No sul da Inglaterra, desde o ano 2000, essa comemoração ficou especial. Na noite de 21 para 22 de junho, para ver o amanhecer, mais de 30 mil pessoas vão a um dos lugares arqueológicos mais famosos do mundo, Stonehenge. No dia a dia não é possível entrar na área, mas no dia de solstício é feita uma exceção para que todos possam participar.

Festa Nacional Francesa, em Paris

Em 14 de julho a maior festa nacional francesa é comemorada no país: o dia a dia da Bastilha. O nome oficial é Festa Nacional, e é realizada com um desfile militar em Paris, organizado pelo presidente da República Francesa. O final da comemoração conta com muitos fogos de artifício no Campo de Marte e uma iluminação especial da Torre Eiffel.

 

Desfile real das orquestras militares de Edimburgo, na Escócia

The Royal Edinburgh Military Tattoo é uma representação musical e teatral realizada em agosto na região do Castelo de Edimburgo. A festa começou a ser comemorada em 1950, e conta com as melhores orquestras do mundo. Cada uma realiza algo de seu país e há muita música e dança.

Festival da Tomatina em Buñol, na Espanha

La Tomatina é uma festa anual realizada durante a última semana de agosto na cidade espanhola de Buñol. Mais de 40 mil pessoas chegam de diferentes países para participar de uma batalha em que a defesa é o tomate. Durante horas a batalha é realizada, deixando a cidade com purê de tomate até os calcanhares e todos os participantes pintados de vermelho. Quando a festa termina, a praça é limpa e muitas atrações musicais, desfiles e danças acontecem, com fogos de artifício no encerramento.

 

A Regata Histórica na Itália

Uma grande festa esportiva acontece em setembro em Veneza, Itália, em honra às tradições do século XIV. A Regata Histórica é aberta com um desfile pelo grande canal. Imitações das embarcações e pessoas vestidas com roupas históricas participam, além de uma competição de gondoleiros.

Festival das baleias em Hermanus, na África do Sul

Hermanus, na costa da África do Sul, é a capital mundial das baleias. No final de setembro é realizado o Festival das baleias. Na baía de Walker centenas de baleias chegam para o nascimento de seus filhotes. Elas se aproximam da costa (mais ou menos 15 ou 20 metros) e o evento pode ser visto de plataformas especiais.

Oktoberfest em Munich, na Alemanha

O Oktoberfest é o maior festival de cerveja do mundo e é comemorado todos os anos em Munich, na Alemanha. Ele atrai mais ou menos 6 milhões e pessoas todos os anos. A festa começa em setembro e vai até começo de outubro, e dura 16 dias. Ela se abre com uma procissão em que as pessoas usam trajes típicos e há barracas de cerveja de todas as partes do mundo. Claro, o Brasil possui sua versão, criada pela Colônia Alemã e que faz bastante sucesso. A festa é realizada em Blumenau, Santa Catarina e atrai gente de todo o país, além de muitos estrangeiros.

Festival Internacional de Jazz em Barcelona

O Festival Internacional de Jazz de Barcelona é um dos maiores espetáculos do gênero do mundo, e um dos maiores eventos musicais da capital catalã. Ele é realizado anualmente de setembro a dezembro, já que dizem que o outono (europeu) é a melhor época para isso.

Festival de Yi Peng e Loy Krathong, na Tailândia

Em novembro, duas festas são realizadas na Tailândia: Loy Krathong e Yi Peng. Na primeira, milhões de tailandeses e turistas soltam pequenas balsas com velas pelo rio. A vela acesa simboliza a luz dos ensinamentos de Buda, e o ritual é uma espécie de limpeza dos pensamentos. O Yi Peng geralmente coincide com o festival de Loy Krathong. Ele é realizado na cidade de Chiang Mai. Em Yi Peng, é costume deixar milhares de lanternas de papel para a felicidade. Ao lançar uma lanterna, a pessoa deve fazer um pedido.

Festival de vinho novo em Beaujeu, na França

O festival do vinho novo (Beaujolais Nouveau) é considerado uma das festas nacionais mais queridas do país, e ocorre na terceira quinta-feira de novembro. Nesse dia, os restaurantes de todas as cidades francesas colocam cartazes com o escrito “Beaujolais Nouveau chegou!”. No sudeste do país o evento é mais comemorado. Ele começa com um desfile noturno na capital da região de Beaujeu. Os vinicultores locais levam barris de vinho para a praça principal e exatamente à meia noite o primeiro vinho da colheita é servido.

O Natal em Estrasburgo, na França

Sabe aquele natal dos filmes, com direito a frio, chocolate quente, ruas cheias de iluminação, árvore de natal gigante e um monte de banquinhas de produtos natalinos? Este é exatamente o clima da cidade de Estrasburgo, no leste da França, nesta época do ano. Com sorte, até a neve pode aparecer para completar o cenário. O centro histórico da cidade fica decorado para receber os milhares de turistas que visitam a cidade nesta época do ano. Tanto as ruas quanto as fachadas das lojas e dos edifícios apresentam decorações elaboradas que criam um clima mágico por onde quer que ande. Se você procura um lugar para se encantar com o clima natalino, com certeza vai se apaixonar por essa “capital do natal”.

 

Réveillon em Moscou: Praça Vermelha

Um dos lugares mais legais para celebrar a virada do ano no Réveillon de Moscou é a Praça Vermelha. O local é repleto de construções belíssimas, lindas decorações e as ruas ficam mais iluminadas nessa época do ano. A maioria das pessoas se reúnem para a contagem regressiva e emanam as melhores energias para um novo ano cheio de felicidade. A dica é chegar mais cedo nesse dia para não ficar preso no meio da multidão e escolher o melhor lugar para assistir os fogos de artifício  que são disparados atrás do Kremlin e da Catedral de São Basílio.

Ainda não sabe para onde ir?

QUER FICAR POR DENTRO DE TODAS NOSSAS NOVIDADES?