30/03/2020

Deseja estudar fora? Saiba a importância de se planejar e de ter uma consultoria especializada em intercâmbio

Intercâmbio 

A capacidade de adaptação a situações fora da sua zona de conforto, com cenários distintos, com uma cultura, com idioma e leis diferentes do nosso país, permite que o indivíduo cresça em autoconfiança e autonomia. É também uma forma de demonstrar que o aluno não está limitado, ou seja, é uma pessoa que aceita desafios e não está limitado geograficamente. Viajar para um lugar desconhecido e deixar para trás família, amigos ou relacionamento obriga o intercambista a tomar a iniciativa de conhecer novas pessoas e se adaptar a outros ambientes e culturas. Com a imersão total em um idioma é possível desenvolver não só as habilidades de fala e escrita, mas também o vocabulário.

As vivências de outros países possibilitam o entendimento da nossa própria formação histórica, principalmente se você visitar um local que mantém relações diretas com o Brasil ou outro lugar de características semelhantes. Sendo assim, é necessário aproveitar a oportunidade para visitar museus, teatros, universidades e demais fontes de riqueza cultural para voltar com a bagagem completa.

Faça um planejamento financeiro

Uma vez que você já tenha definido qual a melhor época de viajar, quanto tempo você poderá ficar no exterior e qual o formato de intercâmbio desejado, você já pode pesquisar o quanto precisa economizar para fazer esse sonho acontecer. Uma boa dica é acompanhar constantemente o preço do câmbio do país que você estiver indo. Se você se deparar com um câmbio baixo, mesmo que muito antes da data da viagem, aproveite para comprar pelo menos um pouco da quantia que você pretende levar. Você pode economizar muito fazendo isso. Outra forma interessante de fazer isso é buscar por grupos de intercambistas da cidade em que você irá morar nas redes sociais. Ouvir as experiências de pessoas que já estão vivendo uma situação que será similar a sua pode ajudar muito na sua preparação para o intercâmbio.

Fale e entenda o básico do idioma local

Ainda que o objetivo do seu intercâmbio seja justamente aprimorar a sua fluência em algum idioma, falar e entender o básico do mesmo pode ajudar muito na sua adaptação quando chegar ao destino. A falta de um conhecimento básico pode tornar coisas simples do seu dia-a-dia (como comprar um café ou pedir direções), muito mais complicadas. E a vantagem de se planejar para um intercâmbio com antecedência é que te dá tempo para se programar com mais calma e aprender o básico do idioma local. Hoje, é possível fazer isso até mesmo por meio de aplicativos para celular.

Providencie a documentação necessária/seguro de viagem

Cada país exige um tipo de documentação diferente para intercambistas brasileiros. Com a assistência de uma agência de intercâmbio, você pode se informar sobre todos os documentos necessários para a sua viagem. Passaporte, visto de estudante e autorização dos pais (em caso de menores de idade) são alguns exemplos de documentos a serem providenciados com antecedência. Dependendo do programa escolhido, a instituição de ensino também pode pedir o seu histórico escolar com tradução juramentada ou um exame de proficiência comprovando certo nível de fluência no idioma local. Além disso, vale ressaltar a importância da contratação de um bom seguro de viagem, para garantir que você esteja amparado caso precise de qualquer tipo de assistência durante a viagem. 

Conheça as leis do país

Assim como diferenças culturais, cada país também tem as suas próprias leis. Entender e respeitar os costumes e a legislação do seu país de destino é essencial para que você seja bem recebido. Afinal, parte da experiência do intercambista está no fato de poder vivenciar uma experiência que amplie sua visão de mundo. Por isso, fique por dentro de como as coisas funcionam no país que escolheu fazer intercâmbio e, em caso de emergências, saiba a quem recorrer.

Ainda não sabe para onde ir?

QUER FICAR POR DENTRO DE TODAS NOSSAS NOVIDADES?