14/05/2020

Aprenda um novo idioma de maneira mais rápida

A maneira como o ensino de inglês foi introduzido no Brasil levou toda uma geração a pensar que, para aprender outro idioma, seriam necessários anos de estudo de uma escola formal. E ainda assim, você não chegaria nem perto da maneira de um nativo falar.

Este panorama está mudando. Hoje já existem escolas de inglês que prometem fluência em 18 meses, técnicas de aprendizado acelerado e métodos muito mais eficazes. O fato é que hoje, com muito esforço, o método certo e um simples acesso a internet, você pode encontrar centenas de cursos gratuitos em praticamente todos os idiomas que imaginar e tornar-se um poliglota.

 

1- Aprenda as palavras da maneira certa

Em resumo, começar a aprender um novo idioma significa aprender novas palavras. O que costuma acontecer é que muita gente tenta decorar muitas palavras, traduzindo-as. Mas como é muita palavra para aprender, as pessoas acabam desistindo ainda no princípio.

Mas você não precisa saber muitas palavras para falar um idioma. Até mesmo no português, você não conhece todas as palavras, certo? Então uma dica que recomendamos é: aprenda 20%  das palavras mais usadas que ajudarão a compreender e 80% ou mais de tudo o que é falado no idioma que você quer aprender.

2-  Pratique a comunicação do idioma 

Se você puder fazer intercâmbio para um lugar em que se fale nativamente o idioma que você está querendo aprender, é ótimo. Mas se isso não for possível, utilize a internet para interagir com falantes do novo idioma. Por exemplo, em vez de assistir o jornal local do seu próprio país, acompanhe o noticiário de um jornal do idioma da sua preferência. Assista séries legendadas ou dublada na versão do idioma que você deseja aprender.

3- Expanda o seu vocabulário com mnemônicos

Inegavelmente, repetição não é suficiente para você aprender as palavras mais utilizadas em um idioma. É muito frustrante quando você esquece o que significa uma palavra que você já viu dezenas de vezes. Por isso, uma dica é fazer o uso de mnemônicos para as palavras mais difíceis, o que vai ajudar a memorizá-las de uma forma mais eficiente.

Basicamente, você tem que associar a palavra em questão a uma história engraçada ou exagerada. Você pode criar o mnemônico ou utilizar algum site especializado nisso,

4- Abrace os erros

Geralmente, um dos grandes obstáculos para se aprender um novo idioma é o medo de errar. Você não aprende um novo idioma, se torna familiar com ele. Você não aprende todas as regras gramaticais e todo o vocabulário, simplesmente se acostuma a se comunicar de determinada maneira. E os erros são essenciais neste processo.

Você não deve se preocupar se está falando uma mistura de inglês com espanhol ou de forma lenta e pausada. Você só deve se preocupar em melhorar um a cada dia, aprendendo com seus próprios erros. Uma das melhores coisas que você pode fazer ao tentar aprender um novo idioma é abrir mão da ideia da perfeição e abraçar os seus erros.

 

5- Domine o idioma

Por certo, a maneira de chegar ao nível de fluência é ter muita prática de fala. Isso pode ser tão simples quanto perguntar para um nativo como foi o fim de semana, e depois contar a ele como foi o seu final de semana. Ou conversar sobre algum tópico recente, como um lançamento no cinema, a notícia do dia, resultados esportivos. Aliás, falar sobre um assunto que lhe interessa diretamente é uma excelente maneira de aprender o novo idioma com mais facilidade. O processo é bem trabalhoso, mas vale a pena quando você começa a ver os resultados: quando começa a conversar com facilidade em um idioma completamente novo, abrindo diversas oportunidades. No entanto, para ultrapassar essa barreira do “razoável” e partir para o ponto de maestria acadêmica da língua, você pode ter que recorrer às gramáticas. Essa é uma abordagem diferente das escolas tradicionais, primeiro você torna-se familiar com o idioma até um nível de conversação, e depois vai aprender as regras gramaticais mais elaboradas.

6- Aprenda a soar como um verdadeiro nativo

Ainda que com um nível de maestria, você ainda pode parecer um estrangeiro falando o novo idioma, por conta do sotaque ou da forma como gesticula e faz sons. Trabalhe inicialmente o sotaque e a entonação. Isso pode ser difícil em alguns idiomas, pois os músculos da língua não estão acostumados a produzir determinados sons.  Para soar como um nativo, você deve inclusive se portar como um. Por isso, é muito importante a sua interação social e cultural com os nativos.

 

7- Não pique em um só idioma

Afim de falar múltiplos idiomas, você pode repetir o processo múltiplas vezes, mas um dos segredos é focar em somente um idioma de cada vez, até que você atinja o nível intermediário. Quando você estiver acostumado com a nova língua, pode passar para a seguinte.

Dependendo de quantas línguas você deseja falar, você pode preparar um cronograma para aprender línguas parecidas em sequência. Por exemplo, indo do espanhol para o italiano, ou do alemão para o holandês, em vez de ficar misturando todos os idiomas de um só vez. É possível ter o conhecimento básico de até uma dezena de idiomas ou mais, porém se você quiser falar bem um idioma, isso requer prática constante, progresso, e dar o melhor de si para chegar a esse objetivo.

8- Aprenda os cognatos

Cognatos são palavras iguais ou muito similares em mais de um idioma. Banana, por exemplo, é igual em inglês e português.

Tendo em vista que o português é a principal língua, você já tem uma enorme vantagem para aprender qualquer idioma que seja derivado do latim, como: espanhol, italiano, francês, catalão, romeno. Se você já sabe inglês, terá vantagem em aprender outras línguas germânicas, como: o alemão, o holandês, sueco e diversos outros. Isso sem falar nas palavras que acabaram passando de um idioma para o outro, como checar, deletar ou xampu, que vieram do inglês e foram traduzidas para o português.

Ainda não sabe para onde ir?

QUER FICAR POR DENTRO DE TODAS NOSSAS NOVIDADES?